Meios de locomoção em Florianópolis: aluguel, carro próprio ou outros

Está em dúvida sobre como se locomover ao curtir as férias em Florianópolis? Nós podemos te ajudar a escolher o melhor, entre os meios de locomoção. Veja!

Tirar férias e curtir uma das mais incríveis capitais do país é magnífico. Porém, é importante planejar com atenção a sua viagem.

Entre os pontos mais essenciais, você não deve deixar para a última hora os meios de locomoção por lá. Então, decida se você vai viajar com seu carro, alugar um veículo ou depender de transporte público ou de aplicativos.

Para te ajudar, selecionamos aqui alguns pontos sobre cada um dos meios de transportes que você pode optar. Confira!

Como escolher um dos meios de locomoção em Florianópolis?

Florianópolis conta com algumas ilhas, como a Ilha de Santa Catarina, que é o point da cidade. Porém, há muito o que fazer além desse local e para você aproveitar ao máximo, descubra todos os meios de transportes disponíveis.

Assim, você saberá como chegar até aos pontos turísticos da cidade, de forma planejada. Então, pronto para otimizar seu tempo e dinheiro? Selecionamos aqui algumas opções para se locomover em Floripa!

  1. Aluguel de bicicleta ou patinetes elétricos

A capital é bastante moderna e oferece essa modalidade de transporte também. Além de ser uma alternativa mais saudável, você desfruta muito mais a paisagem. Claro, desde que tenha de percorrer curtas distâncias. Para isso, instale um aplicativo em seu celular para efetuar o pagamento do aluguel e, por meio do app, você poderá consultar o local disponível do transporte.

Lembre-se de que existe um limite de percurso e você deve saber qual a área de atendimento do mesmo. Embora o aluguel do patinete elétrico seja mais caro do que de bicicleta, é um jeito divertido de passear pela cidade.

  1. Táxi ou aplicativos de transporte

Se você optar por contar com táxi ou aplicativos de transporte, tem a vantagem de não precisar pagar pelos estacionamentos. Viajantes alegam que ambos funcionam muito bem por lá e por ter vários veículos do nicho por lá, o tempo de espera não é tão longo.

  1. Aluguel de carro

Essa é uma boa opção para quem quer ficar livre para ir e vir dentro do seu próprio tempo. Sem contar que você se deslocará de forma mais rápida para onde desejar e levar tudo o que quiser.

Mas fique preparado para o trânsito, que é de grande fluxo de veículos, a menos que você evite horários de pico. E mais! O número de colisões na cidade é alto, devido aos vários congestionamentos, principalmente. Então, não deixe de contratar o seguro auto para carros alugados.

Verifique, atentamente, o seguro que a locadora diz ter e, se achar necessário, aumente a proteção.  Além disso, se você vai curtir a cidade em um feriado, saiba que o ideal é se hospedar próximo aos atrativos e praias. Assim você evita ter que usar o carro, que nesse caso, é melhor depender do transporte público ou outros mencionados acima.

  1. Transporte público

Se você viajou de avião, ônibus, carona ou outras formas, ou não quer circular com o seu veículo, essa é uma opção. A cidade oferece muitas opções de transporte público, mas indicamos que você tenha um roteiro para seguir.

Assim, fica mais fácil se organizar com horários e pontos de embarque/desembarque. Saiba que, conforme o lugar que você está e para onde deseja ir, o trajeto pode ser longo. Existem percursos que, de carro, você faria em 30 minutos, mas de ônibus, poderá levar mais de uma hora.

Sem contar que, se as regiões visitadas são distantes, você terá que pegar mais de um ônibus. A boa notícia é que você conta com o terminal, sistema integrado de transporte. Ou seja, você paga ao entrar para andar no primeiro ônibus apenas. Além disso, é muito fácil utilizar o transporte público da cidade. Sem contar que você pode usufruir do Google Maps para saber qual ônibus deverá utilizar para chegar ao seu destino.

  1. Carro próprio

Se você optar por ir com o seu carro, considere as dicas informadas no caso de alugar um carro. Ou seja, tenha um seguro auto contra colisões e outras coberturas, evite horários de picos e tente se hospedar próximo aos lugares mais badalados para não ter que se aventurar pelas ruas com seu veículo.

Então, conseguiu decidir por um, entre todos os meios de locomoção em Florianópolis?

 

Escrito por: Andreia Silveira, contribui com o site SeguroAuto.org, estudante de Gestão de Turismo/Uninter. É gestora de turismo pelo MTur e possui certificação em Operação de Roteiros Turísticos e Monitoria de Atrativos Turísticos.

 

Sobre o Autor

client-photo-1
Andreia Silveira
Andreia Silveira, redatora e editora com 7 anos de experiência em escrita e edição de conteúdos de diversas áreas. Estuda Gestão de Turismo e possui certificação em Operação de Roteiros Turísticos e Monitoria de Atrativos Turísticos

Comentários

Deixe uma resposta