Zoo Beto Carrero world é exemplo em Santa Catarina

Nascido junto com o Parque, o zoológico do Beto Carrero World foi uma das primeiras áreas criadas dentro do BCW, e hoje, é um dos locais mais modernos e adaptados do lugar. O Zoo foi criado, principalmente, por causa da admiração que Beto Carrero tinha pelos animais. Na época, animais como tigres, ursos e leões ficavam em áreas de exposição, além de participarem dos shows. Atualmente não existe mais este tipo de apresentação.

Comprar Ingressos do Beto CarreroGuia do Beto Carrero, tudo que você precisa saberCom o passar do tempo, e visando cada vez mais o bem-estar animal, o zoo passou por transformações: os recintos foram reformados e chegaram novas espécies. Hoje o Zoo Beto Carrero World conta com 118 mamíferos, 877 aves e 48 répteis. Todos eles vivem em áreas que simulam o habitat natural e contam com alimentação balanceada, além de terem uma equipe de profissionais especializados.

O médico veterinário José Daniel Fedullo explica que, além dele, o Zoo também conta com biólogos e tratadores que completam a equipe. “Nosso trabalho é focado principalmente na prevenção de doenças e na busca pela saúde completa dos animais. Todos os dias são preparadas cerca de 80 bandejas de alimentos, além de “check ups” e exames laboratoriais”, comenta.

Uma das áreas de maior interatividade com os animais dentro do Zoo, é o Mundo Mágico das Aves. Os visitantes podem entrar no recinto, ao mesmo tempo em que as aves se alimentam, dormem ou voam. Conforme Daniel, esta área imita perfeitamente o ambiente natural em que os pássaros vivem. “Fora isso também temos o Serpentário, onde as pessoas podem observar as serpentes em seus terrários, além de conferirem as informações sobre esses animais nos murais”.

O Zoológico cresce

O tratamento dos animais se reflete no comportamento de cada um deles. Um dos sinais de como estão sendo bem alimentados, saudáveis e em boas instalações, por exemplo, é a reprodução em cativeiro. O Gigrande, filhote de girafa do Parque, foi o primeiro a nascer em um zoológico catarinense. Fora isso, o Zoológico Beto Carrero World também já registrou nascimentos de chimpanzé, macaco prego, tamanduá-mirim, tamanduá-bandeira, lhama e várias espécies de aves.

Além dos animais que já nasceram e nascem no Zoo, de tempos em tempos, o Beto Carrero World adquire novas espécies, como a girafa Pequena, que chegou no Parque ainda filhote, as suricatas, e os leões brancos, trazidos de um criadouro da África do Sul. Geralmente, esses animais chegam ao Parque através de contato feito com outros zoológicos e criadouros, e já nasceram em cativeiro. Ao contrário do que algumas pessoas possam imaginar, eles nunca são retirados da natureza.

O Jardim Secreto

A área mais nova dentro do Zoológico Beto Carrero World, é na verdade, bastante antiga. O Jardim Secreto foi um reduto idealizado por Beto Carrero, onde ele ia para descansar e admirar os animais. O acesso a esse conjunto de recintos é feito através de uma ponte de madeira, percorrendo uma trilha através da mata.
Antes de ser aberto ao público, o Jardim Secreto foi reformulado e hoje abriga dois exemplares de chipanzés, um tigre branco e quatro leões brancos – três leoas e um leão. Eles, inclusive, chamam muito a atenção pela curiosidade dos visitantes. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, eles não são albinos, mas sim leucisticos.

“Acredita-se, inclusive, que a sobrevivência desses animais na natureza foi comprometida devido a coloração clara que os impede de se misturarem à vegetação, chamando assim a atenção dos predadores”, explica a bióloga Kátia. Em cativeiro, sobrevivem em média 25 anos e a gestação é de 100 dias, sendo que cada fêmea pode gerar até quatro filhotes por vez.

ACESSAR CONTEÚDO SOBRE TOURS DE:
Bombinhas  |  Balneário Camboriú  |  Beto Carrero

2 Comentários

  1. Mariana

    Áreas que simulam o habitat natural? Visitei o Beto Carreiro ontem e após observar a situação lamentável dos animais resolvi procurar um pouco na internet sobre o que está sendo feito a respeito, então me deparei com essa matéria. Três leões em um espaço minúsculo, com quase 40°c, morrendo de calor e tédio, não parece o habitat natural do rei da selva. Macacos sem sombra, escondidos e estressados. Girafas sem uma árvore em seu espaço, que também é pequeno e inadequado. O parque é incrível, show e brinquedos. Mas o zoológico é um mar de tristeza desses animais expostos e explorados. Sugiro a todos que visitarem o parque, que enviem um e mail ao Beto Carreiro, que não precisa de animais expostos para ser um lugar turístico incrível.

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Quero consultar
1
Posso lhe ajudar?
Olá, seja bem-vindo, posso ajudar você?
Powered by