Lugares para ver golfinhos em Santa Catarina

Escrito por Casa do Turista

"

Leia mais

Além de praias e belezas naturais incríveis, Santa Catarina ainda oferece a opção de ver golfinhos bem de perto. Esses animais místicos e que despertam o interesse habitam todo o litoral, mas em dois lugares do estado existem duas espécies específicas residentes.

Na Baía de Babitonga, na região de Joinville, é possível avistar os golfinhos da espécie conhecida como Toninha. É uma população fixa, com cerca de 50 indivíduos.

No sul do estado, em Laguna, cerca de 55 botos convivem com pescadores na região do canal dos Molhes da Barra, perto da praia do Mar Grosso. A pesca com auxílio dos botos em Laguna é um espetáculo único no mundo. O mesmo tipo de cooperação é visto somente na África, mas o número de animais é bem menor.

Os botos de Laguna

Esse animal simpático desperta a curiosidade de pessoas que vem de todos os cantos do mundo.  A espécie que habita a região de Laguna é conhecida como “nariz de garrafa”, o tipo mais comum (Tursiops truncatus). Equipes de televisão e produtoras do mundo inteiro visitam Laguna todos os anos para registrar a famosa “pesca com auxílio dos botos”. Esse tipo de cooperação entre boto e pescador é vista em grande quantidade somente aqui em Laguna. Na Mauritânia, existe uma população menor.

Os botos residentes habitam a região do canal dos Molhes da Barra, passeando entre as lagoas e o mar aberto. Os pescadores se posicionam com suas tarrafas na beira do canal, a pé ou de canoa, dependendo da maré. Ao presenciar os humanos, os botos começam a cercar os cardumes de peixes, principalmente as tainhas, e as afugentam em direção aos pescadores. Com o sinal dado pelo boto, o pescador lança sua tarrafa. O que sobra da tarrafa é presa fácil para os botos se alimentarem. Na época da tainha, entre abril e julho, é possível ver tarrafas cheias.

Esse animal encanta visitantes e turistas com belos saltos. É comum vê-lo também perto dos surfistas e até “pegando ondas”. É possível ver botos em Laguna o ano inteiro.

As toninhas da Babitonga

As toninhas são espécies mais tímidas e com porte pequeno. Costumam habitar regiões com distância de 1,5 quilômetro da costa. Não têm o hábito de saltar e mostram apenas uma parte do dorso quando sobem à superfície para respirar.

Na Baía de Babitonga é mais fácil avistá-los, pois existe uma população residente de aproximadamente 50 indivíduos. Ali, eles se alimentam e procriam. Geralmente não saem desse lugar.

Por estar na lista oficial dos animais ameaçados de extinção, o Projeto Toninhas, sediado em Joinville, cuida da sua preservação e monitoramento. Possui uma gestão compartilhada com extensões do projeto através de parcerias com universidades, uma delas também em Laguna.

Não perca essa oportunidade de visitar belas praias em Santa Catarina e ainda ver golfinhos de perto. Não tem como não se encantar! Venha conhecer!

ACESSAR CONTEÚDO SOBRE TOURS DE:
Bombinhas  |  Balneário Camboriú  |  Beto Carrero

2 Comentários

  1. Patricia Picetti Lacau

    Para quem prefere águas mais calmas, indico a Praia do Rosa, há uma lagoa de água salgada que é uma ótima opção para se refrescar no calor do verão, principalmente para quem tem crianças. Entre as atividades é possível praticar stand up paddle, andar de caiaque, windsurf e outras atividades aquáticas.

  2. Raquel Camargo

    vcs oferecem algum passeio para ir ver os golfinhos? queria ir em janeiro

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Quero consultar
1
Posso lhe ajudar?
Olá, seja bem-vindo, posso ajudar você?
Powered by