Fire Whip: um percurso para quem gosta de altas emoções

Fire Whip: um percurso para quem gosta de altas emoções
Fire Whip: um percurso para quem gosta de altas emoções

Uma das diversões mais concorridas no Beto Carrero World é a Fire Whip, uma montanha-russa que chegou ao parque em 2008 como um presente mais que especial para o seu aniversário de 17 anos. Ela foi inaugurada como a primeira montanha-russa invertida do Brasil e, até hoje, continua sendo a mais radical do país.
A Fire Whip já impressiona pelo tamanho. São 40 metros de altura e 700 metros de extensão, com cinco loopings ao longo do percurso. Tem capacidade para atender até 20 corajosos de cada vez, com vagões onde os frequentadores se acomodam aos pares.

Comprar Ingressos do Beto Carrero

Mas para encarar essa brincadeira, tem que ter muita coragem mesmo. Qualquer montanha-russa pode dar aquela sensação que faz o coração pular dentro do peito, aquele medo gostoso – mas a Fire Whip tem um detalhe adicional que faz a adrenalina disparar. Ela é invertida, de forma que os carrinhos ficam na parte de baixo, e não em cima dos trilhos. Os passageiros conseguem ver o abismo entre eles e o chão e suas pernas ficam balançando no ar.

A montanha-russa recebeu o nome Fire Whip, que significa “Chicote de Fogo” em português, para homenagear o Beto Carrero World. E a atração faz justiça ao nome, alcançando uma velocidade de quase 100 km∕h. Toda a fase de montagem e testes durou quatro meses, para garantir a maior segurança e o máximo de diversão aos frequentadores do parque. Só o transporte de todas as peças demorou 50 dias. Isso porque o brinquedo é formado por 700 toneladas de metal. Foram necessários um navio e 232 carretas para realizar o transporte das peças até o seu destino. Sem contar as 15 mil toneladas de pedras, usadas para a decoração da área onde o brinquedo está instalado.

Fabricada na Holanda, a Fire Whip foi montada no estilo Suspended Looping Coaster, também conhecido como montanha-russa invertida. É um modelo em que o vagão corre do lado de baixo dos trilhos. Desse jeito, quem se aventura no brinquedo permanece na posição sentada, mas são seus pés que ficam expostos, e não os braços, como em uma montanha-russa tradicional. Os trilhos, por sua vez, ficam próximos à cabeça dos passageiros.

É adrenalina pura! O canal do Parque Beto Carrero World no Youtube apresenta um vídeo da atração, em que você pode conhecer o percurso antes de decidir se vai arriscar. Deu para sentir a emoção, não é?

O pessoal que frequenta o parque também posta vídeos na internet, contando a sua experiência com a Fire Whip. Alguns registros são imperdíveis. Esse aqui foi filmado com uma câmera especial, que consegue mostrar tudo da perspectiva do passageiro, dentro do carrinho. Na hora que o medo aperta, não precisa ter vergonha. Vale gritar – ou cantar – qualquer coisa para relaxar. Prepare seus pulmões!

Dá um frio na espinha ver os trilhos e a armação do brinquedo tão perto, e o vão lá embaixo, sob os seus pés. Em alguns trechos do percurso, os carrinhos sobrevoam os lagos e as cachoeiras da área cenográfica construída especialmente para abrigar a montanha-russa. E a impressão que dá é que você vai cair dentro da água.

E aí, você tem coragem de encarar este passeio alucinante? Conte para a gente nos comentários!

Sobre o Autor

client-photo-1
Casa do Turista
Nós somos verdadeiramente dedicados e apaixonados em fazer sua experiência de viagem tão simples e divertida quanto possível! Casa do Turista, a maior rede de agências de turismo receptivo em Santa Catarina. A empresa que mais levou turistas ao Parque Beto Carrero World nos entre 2012 e 2015. Atendemos a 90% das escalas de navios de cruzeiros nos diferentes portos do Sul do Brasil. Nós realmente apreciamos e damos as boas vindas sugestões e comentários sobre nossa empresa e nosso trabalho.

Comentários

Deixe uma resposta

1
Olá, seja bem-vindo, posso ajudar você?
Powered by